quinta-feira, 28 de julho de 2011

sábado, 9 de julho de 2011

Prêmio EDP nas Artes

Fonte: jornal O Girassol
"O Prêmio EDP nas Artes é composto por cursos de formação, palestras, seminário, edital de seleção, premiação, exposição e publicação e tem como objetivo estimular e formar novos talentos artísticos em todo o país e proporcionar uma primeira inserção profissional através da exposição dos trabalhos selecionados na sede do Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo.
Para abarcar participantes de todo o Brasil, sobretudo das regiões distantes do eixo Rio/São Paulo, uma das atividades do projeto é a realização destes cursos de formação. Além de trazer reflexões sobre vários processos de criação, propostas de novas práticas e conceitos contemporâneos, os professores orientam sobre a confecção de portfólios, garantindo aos jovens melhores condições de concorrer ao prêmio.
Em outubro deste ano (2011) será lançado o Prêmio EDP nas Artes 2012 e a partir desta data os interessados podem obter maiores informações pelo site: http://www.institutotomieohtake.org.br (Informações da ascop)"

Fonte: Jornal O Girassol (http://www.ogirassol.com.br/paginaviver.php?idnoticia=26977)

Video da exposição de arte contemporânea no Vaticano

Vejam um video da Exposição: "O esplendor da Verdadade e a beleza da caridade" na sala Paulo VI no Vaticano de 60 artistas entre eles Oscar Niemeyer.

segunda-feira, 4 de julho de 2011

“Missa em Bolsena”, de Rafael Sanzio


fonte: Zenit

"Nos Museus Vaticanos, porém, restaurada há pouco, a “Missa em Bolsena”, de Rafael Sanzio, imortaliza o milagre eucarístico em pedras coloridas. (...)
Rafael deu sua própria contribuição, imortalizando este milagre quando pintou em 1512 “O Milagre de Bolsena” nos apartamentos do Papa Julio II. A pintura, restaurada, traz o milagre da vida em cores vívidas.
O sacerdote se ajoelha perante o altar, olhando a Eucaristia, que tem uma cruz feita com sangue na Hóstia e no corporal. Seus lábios demonstram surpresa, mas a figura mantém a dignidade que se espera de um celebrante. As reações dramáticas reservam-se para a multidão reunida atrás, pessoas que levantam a cabeça para contemplar o milagre ou viram para contar a quem está ao lado. O altar está marcado por uma arquitetura monumental, absorvida por Rafael através de seu parente, o arquiteto papal, Donato Bramante. Robustas colunas dóricas alcançam o céu e a parte superior da pintura está aberta a um céu atravessado pela luz.
Do outro lado de Pedro de Praga há um dado anacrónico, o Papa Julio II se ajoelha com a cabeça descoberta, e quatro de seus cardeais e um pequeno contingente da Guarda Suíça.
Dois elementos destacam-se no trabalho. O primeiro é a solenidade do clero em oração. "

Para ler mais: http://unimail.uninet.com.br/cgi-bin/webmail.cgi?cmd=item-b!29j!22-21x`d!22-21!40!23!2b!22-21!2bnm-21-21&require_lock=true&java_email=true&fld=Inbox&encode_text=fld&utoken=clasera!40pop.uninet.com.br!3A110_!7E2-5c7bbe6481d46a9e0ee000_0#11062707

Henri Matisse no Museu do Vaticano

ROMA, segunda-feira, 27 de junho de 2011 (ZENIT.org) -

"Quando se pensa nos Museus Vaticanos, é a arte do Renascimento o que logo vem à mente. Por isso os visitantes se surpreendem ao ver que o mesmo museu que abriga Rafael e Michelangelo também tem estrelas modernas no firmamento.
Neste 22 de junho, o Vaticano atraiu atenção internacional para a sua coleção de arte do século XX apresentando mais um tesouro: a arte de Henri Matisse...."

Para ver mais
http://unimail.uninet.com.br/cgi-bin/webmail.cgi?cmd=item-b!29j!22-21x`d!22-21!40!23!2b!22-21!2bnm-21-21&require_lock=true&java_email=true&fld=Inbox&encode_text=fld&utoken=clasera!40pop.uninet.com.br!3A110_!7E2-5c7bbe6481d46a9e0ee000_0#11062707