sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

A igreja e a obra de Banksy

"... a Igreja também é santa, mas, ao mesmo tempo, é marcada pelos nossos pecados". (Bento XVI)

"Gilbert Keith Chesterton, novelista, ensaísta e criador da simpática figura do sacerdote e detetive amador padre Brown, aborda a questão da fé católica em muitos escritos com uma originalidade e sentido de humor extraordinários, num Reino Unido com maioria Anglicana. O Papa Pio XI lhe concedeu o título honorário de Defensor Fidei (Defensor da Fé). No mundo de fala Inglesa, considera-se o brilhante escritor como um importante defensor do cristianismo e da ortodoxia romana."  (ZENIT.org)

MARP - Inscrições para o Programa Exposições 2012.

Regulamento, inscrições e informações, no MARP - Museu de Arte de Ribeirão Preto Pedro Manuel-Gismondi
(16) 3635 2421, de terça a sexta-feira, das 09:00 às 12:00 horas e das 14:00 às 18:00 horas

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Abertas as inscrições para a temporada de exposições de 2012 no MARCO

O Museu de Arte Contemporânea (Marco) abriu no dia 24 de outubro o período de inscrições para a temporada de exposições de 2012. O regulamento está disponível no site da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul.

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Londres se torna centro da arte...

Londres se transformou o dia 13  de outubro na capital da arte contemporânea com a inauguração da feira Frieze entre as árvores do Regent''s Park.

Mega exposição sobre a India no CCBB!

A exposição sobre a India está no Centro Cultural do Banco do Brasil. Este é o maior evento realizado pelo CCBB em 2011, ocupando 18 salas com cerca de 380 peças, entre figurinos, esculturas, objetos e muito mais.

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Edital Temporada de Projetos do Paço das Artes 2012

"O programa é consagrado por lançar novos talentos no cenário da arte contemporânea nacional. Artistas, coletivos e curadores de todo o País podem inscrever seus projetos. Prêmios de participação chegam a R$ 3.500.
O Paço das Artes, instituição da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo, lança a convocatória para a Temporada de Projetos 2012, que irá selecionar nove trabalhos inéditos de jovens artistas e um de curadoria.
Esta é a 10ª edição do programa..."

Edital Temporada de Projetos do Paço das Artes 2012
Inscrições: 9 de agosto a 8 de outubro,
no site do Paço das Artes:
ww.pacodasartes.org.br
Paço das Artes: Avenida da Universidade, nº 01, Cidade Universitária, São Paulo
Tel: (11) 3814-4832

1º Prêmio Londrina de Arte Contemporânea prorrogou o prazo das inscrições até dia 20

"Devido à grande procura, a organização do 1º Prêmio Londrina de Arte Contemporânea prorrogou o prazo das inscrições. Os interessados terão até o próximo dia 20, para se garantir na Mostra, que acontece entre os dias 29 de outubro e 26 de novembro, no Museu de Arte de Londrina.
O prêmio de Arte Contemporânea é organizado pelo "Salão de Arte de Londrina"..."

Nova feira de arte contemporânea em São Paulo, a PARTE.

"Desde janeiro, a advogada Tamara Perlman e a artista e administradora Lina Wurzmann estão produzindo uma nova feira de arte contemporânea em São Paulo, a PARTE.
Já com data e local marcados - abertura em 17 de novembro e um espaço de mil m2 em Pinheiros -, o evento terá como principal característica colocar à venda obras com baixos preços..."

A reportagem é da jornalista Camila Molina  do jornal  odiario.com

Inscrições até o dia 30 de agosto para o XXV Salão Limeirense de Arte Contemporânea

XXV Salão Limeirense de Arte Contemporânea  visa abrir espaço para artistas plásticos que produzam na cidade de Limeira (SP) e também de todo o país.
As inscrições podem ser feitas até o dia 30 de agosto. O salão dará R$ 10 mil em premiações. Regulamento completo e  ficha de inscrição no blog da Cultura, que é o www.culturalimeira.blogspot.com. 

quinta-feira, 28 de julho de 2011

sábado, 9 de julho de 2011

Prêmio EDP nas Artes

Fonte: jornal O Girassol
"O Prêmio EDP nas Artes é composto por cursos de formação, palestras, seminário, edital de seleção, premiação, exposição e publicação e tem como objetivo estimular e formar novos talentos artísticos em todo o país e proporcionar uma primeira inserção profissional através da exposição dos trabalhos selecionados na sede do Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo.
Para abarcar participantes de todo o Brasil, sobretudo das regiões distantes do eixo Rio/São Paulo, uma das atividades do projeto é a realização destes cursos de formação. Além de trazer reflexões sobre vários processos de criação, propostas de novas práticas e conceitos contemporâneos, os professores orientam sobre a confecção de portfólios, garantindo aos jovens melhores condições de concorrer ao prêmio.
Em outubro deste ano (2011) será lançado o Prêmio EDP nas Artes 2012 e a partir desta data os interessados podem obter maiores informações pelo site: http://www.institutotomieohtake.org.br (Informações da ascop)"

Fonte: Jornal O Girassol (http://www.ogirassol.com.br/paginaviver.php?idnoticia=26977)

Video da exposição de arte contemporânea no Vaticano

Vejam um video da Exposição: "O esplendor da Verdadade e a beleza da caridade" na sala Paulo VI no Vaticano de 60 artistas entre eles Oscar Niemeyer.

segunda-feira, 4 de julho de 2011

“Missa em Bolsena”, de Rafael Sanzio


fonte: Zenit

"Nos Museus Vaticanos, porém, restaurada há pouco, a “Missa em Bolsena”, de Rafael Sanzio, imortaliza o milagre eucarístico em pedras coloridas. (...)
Rafael deu sua própria contribuição, imortalizando este milagre quando pintou em 1512 “O Milagre de Bolsena” nos apartamentos do Papa Julio II. A pintura, restaurada, traz o milagre da vida em cores vívidas.
O sacerdote se ajoelha perante o altar, olhando a Eucaristia, que tem uma cruz feita com sangue na Hóstia e no corporal. Seus lábios demonstram surpresa, mas a figura mantém a dignidade que se espera de um celebrante. As reações dramáticas reservam-se para a multidão reunida atrás, pessoas que levantam a cabeça para contemplar o milagre ou viram para contar a quem está ao lado. O altar está marcado por uma arquitetura monumental, absorvida por Rafael através de seu parente, o arquiteto papal, Donato Bramante. Robustas colunas dóricas alcançam o céu e a parte superior da pintura está aberta a um céu atravessado pela luz.
Do outro lado de Pedro de Praga há um dado anacrónico, o Papa Julio II se ajoelha com a cabeça descoberta, e quatro de seus cardeais e um pequeno contingente da Guarda Suíça.
Dois elementos destacam-se no trabalho. O primeiro é a solenidade do clero em oração. "

Para ler mais: http://unimail.uninet.com.br/cgi-bin/webmail.cgi?cmd=item-b!29j!22-21x`d!22-21!40!23!2b!22-21!2bnm-21-21&require_lock=true&java_email=true&fld=Inbox&encode_text=fld&utoken=clasera!40pop.uninet.com.br!3A110_!7E2-5c7bbe6481d46a9e0ee000_0#11062707

Henri Matisse no Museu do Vaticano

ROMA, segunda-feira, 27 de junho de 2011 (ZENIT.org) -

"Quando se pensa nos Museus Vaticanos, é a arte do Renascimento o que logo vem à mente. Por isso os visitantes se surpreendem ao ver que o mesmo museu que abriga Rafael e Michelangelo também tem estrelas modernas no firmamento.
Neste 22 de junho, o Vaticano atraiu atenção internacional para a sua coleção de arte do século XX apresentando mais um tesouro: a arte de Henri Matisse...."

Para ver mais
http://unimail.uninet.com.br/cgi-bin/webmail.cgi?cmd=item-b!29j!22-21x`d!22-21!40!23!2b!22-21!2bnm-21-21&require_lock=true&java_email=true&fld=Inbox&encode_text=fld&utoken=clasera!40pop.uninet.com.br!3A110_!7E2-5c7bbe6481d46a9e0ee000_0#11062707

terça-feira, 28 de junho de 2011

Exposição "Eco Barroco" - Centro Cultural Banco do Nordeste

A exposição foi até o dia 16 de junho.

"Exposição reúne aproximações da Arte Contemporânea com o Barroco, traçando um diálogo entre artistas das mais diferentes gerações e linguagensInspirados no Barroco como temática e estética, muitos artistas contemporâneos têm revisitado dos modos mais criativos, este estilo ..." (ANA CECÍLIA SOARES - REPÓRTER)

fonte: http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=981707

Inscrições: Prêmio Londrina até o dia 31 de julho

Inscrições abertas para o Prêmio Londrina de Arte Contemporânea
odiario.com
As inscrições para o Prêmio Londrina de Arte Contemporânea já estão
abertas e vão até o dia 31 de julho. As obras devem se encaixar dentro do
tema "A Arte em Defesa da Terra: Urgente". Cada artista pode inscrever até
três obras de Arte Contemporânea, ...


<http://unimail.uninet.com.br/cgi-bin/webmail.cgi?cmd=url&xdata=~2-db4e23067eb3d72d451ed3edff8391b5f89369e4dddca2c5da00&url=http!3A!2F!2Fwww.google.com!2Furl!3Fsa=X!26q=http!3A!2F!2Flondrina.odiario.com!2Flondrina!2Fnoticia!2F421228!2Finscricoes-abertas-para-o-premio-londrina-de-arte-contemporanea!2F!26ct=ga!26cad=CAEQAhgAIAAoATAAOABAlr3l7gRIAVAAWABiBXB0LUJS!26cd=ny6YHcgEJPE!26usg=AFQjCNEBhWQD-Kd_S-FBGndZCuFf1TS4Aw>

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Funarte: processo seletivo até 22 de julho

"A Fundação Nacional de Artes (Funarte) seleciona projetos da área de artes visuais para a ocupação de seus espaços, no segundo semestre deste ano, em Brasília, São Paulo, Recife e Belo Horizonte. Quatro editais para a área foram publicados em 7 de junho, no Diário Oficial da União.
O processo seletivo está aberto, até 22 de julho, a pessoas físicas envolvidas com as artes visuais, de todo o Brasil. Os interessados..."

fonte: http://www.onorte.net/noticias.php?id=33518

Uma homenagem de 60 artistas a Bento XVI

"A tradição cristã e a tradição artística contemporânea devem encontrar espaços adequados de diálogo. Foi o que disse o Presidente do Pontifício Conselho para a Cultura, Cardeal Gianfranco Ravasi, apresentando na manhã desta sexta-feira, na Sala de Imprensa da Santa Sé, a exposição intitulada "O esplendor da verdade, a beleza da caridade".


A iniciativa é uma homenagem de 60 artistas a Bento XVI..."

fonte:http://www.oecumene.radiovaticana.org/bra/articolo.asp?c=497109

9º Salão de Arte Contemporânea de Marília

Estarão abertas a partir de segunda-feira, dia 20, até 12 de agosto, as inscrições para a seleção do 9º Salão de Arte Contemporânea de Marília. O evento visa ...

fonte: Agência BOM DIA

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Arte contemporânea no Vaticano

Texto retirado do jornal Zenit
http://www.zenit.org/portuguese

"A história de um mosaico da Praça de São Pedro
João Paulo II o quis como mostra de agradecimento
CIDADE DO VATICANO, quarta-feira, 25 de maio de 2011 (ZENIT.org) - Alguns dias depois do trigésimo aniversário do atentado sofrido por João Paulo II em 13 de maio de 1981, festa de Nossa Senhora de Fátima, o prefeito emérito da Congregação para os Bispos, cardeal Giovanni Battista Re, explica a intrigante história da colocação, na praça de São Pedro, de um mosaico que representa Maria Mater Ecclesiae –Mãe da Igreja–, como mostra de agradecimento do papa pela proteção de Maria.
A imagem, de mais de 2,5 metros, foi instalada em uma fachada do palácio apostólico situado à direita da Basílica de São Pedro, entre novembro e dezembro de 1981, seis meses depois do atentado.
Na base do mosaico de Maria com o Menino Jesus, que milhões de pessoas viram pela televisão no dia 1º de maio durante a transmissão da beatificação do papa, foi representado o escudo de João Paulo II com seu lema: Totus tuus.
“Quando João Paulo II voltou para o Vaticano depois da primeira hospitalização na policlínica Gemelli, os responsáveis avaliaram a possibilidade de colocar um sinal visível na praça de São Pedro, no lugar onde o papa levou o tiro, para recordar uma página dolorosa da história da Igreja, mas também para testemunhar um sinal de proteção celestial”, explica o cardeal Re.
João Paulo II expressou imediatamente a sua intenção: “Em lembrança do atentado, desejou que fosse colo cada uma imagem de Maria num local bem visível”.
“Ele tinha a certeza de que Maria o tinha protegido”, afirma Re. “Era o melhor jeito de recordar aquele 13 de maio”.
João Paulo II confessou também que já tinha observado essa “falta” na praça de São Pedro, onde a estátua de Cristo estava rodeada pelos apóstolos e por numerosos santos disseminados pela colunata, mas “não havia nenhuma imagem de Nossa Senhora”.
Na realidade, há uma imagem da Virgem – informa o cardeal Re –, mas se encontra em cima da porta de bronze, e por isso não é visível para todos.
O cardeal, então assessor da secretaria de Estado, explica que ele foi o encarregado de trabalhar nisso, junto com o presidente da Comissão permanente para a proteção dos monumentos históricos e artísticos da Santa Sé, Dom Giovanni Fallani, e com o diretor dos Museus Vaticanos, Carlo Pietrangeli.
Dom Fallani encontrou uma solução: colocar o mosaico em uma janela que já existia, uma proposta que lhes pareceu viável, tendo em vista que se trata de um complexo arquitetônico que muitos consideram intocável.
“O projeto agradou o papa, que nos alentou a seguir adianta”, afirma Re.
Depois veio a etapa da escolha do mosaico. “João Paulo II afirmou que lhe agradaria muito uma representação da Virgem como Mãe da Igreja”, por que a Virgem “sempre esteve unida à Igreja” e “especialmente próxima nos momentos difíceis de sua história”.
João Paulo II disse que “estava pessoalmente convencido de que no dia 13 de maio a Virgem Maria tinha estado presente na Pra ça de São Pedro para salvar a vida do papa”.
A representação de uma Virgem com o Menino, situada na Basílica de São Pedro e intitulada Mater Ecclesiae serviu de modelo para o mosaico.
Foram feitos algumas adaptações na representação do Menino Jesus, assim como na cor, “para que fosse mais visível a longa distância”.
No dia 8 de dezembro de 1981, festa da Imaculada Conceição, João Paulo II, antes de recitar o Angelus, abençoou a imagem mariana, sinal de proteção celestial ao soberano pontífice, à Igreja e a quem se encontre na Praça de São Pedro.
Depois, no pavimento da Praça, no exato local onde o pontífice foi atingido pela bala, foi colocada uma placa de mármore com o escudo do papa."

Arte contemporânea e o vaticano: a única reação que se consente é a de "oferecer a outra face".

Texto tirado do jornal Zenit
 http://www.zenit.org/portuguese
"Liberdade de criação ou liberdade de zombaria?
ROMA, terça-feira, 10 de março de 2011 (ZENIT.org) - Um dia quase perfeito, esplêndido e ensolarado, para Roma e para o mundo. Assim poderia ser resumido o domingo 1º de maio, ou seja, o dia em que o Papa João Paulo II foi beatificado. A liturgia solene celebrada na Praça de São Pedro atraiu a Roma, de acordo com algumas estimativas, cerca de 1,5 milhão de fiéis e peregrinos de todo o mundo, do distante México até a Polônia, terra natal do novo Beato.
Tudo se desenvolveu com grande ordem e sem incidentes, mas não podia faltar a habitual "nota discordante". Disso se encarregou a dupla de jornalistas que dirige o jornal independente Il Fatto Quotidiano, Antonio Padellaro e Marco Travaglio, que - coincidências da vida -, precisamente no dia 1º de maio, publicaram, em sua charge no Il Misfatto, uma caricatura muito irreverente - segundo alguns, diretamente uma blasfêmia - do Papa Wojtyla.
O desenho, assinado pelo cartunista de quadrinhos eróticos, o italiano Milo Manara, representa o falecido Papa no Paraíso, onde repousa em uma nuvem e está rodeado por três mulheres-anjos, muito atraentes, com atitude provocadora e expressão maliciosa. Enquanto uma voz diz "Fizeram de você um santo! Acabou o passeio grátis!", a legenda que acompanha o desenho também é muito irreverente: "Na terra não o deixavam morrer (mas depois lhe deram esse prazer, não como ao pecador Welby). No paraíso não o deixam viver", lê-se, em alusão à doença e agonia do Papa polonês e à chamada "morte doce" de Piergiorgio Welby, em dezembro de 2006. Eloquente é também o título: "Não há paz para Wojtyla", que se lê em letras grandes.
Estamos na mes ma. Enquanto os católicos comemoram a beatificação de Karol Wojtyla, conhecido também como "o gigante de Deus" ou "João Paulo II, o Grande", algumas pessoas têm que tirar sarro dos seus sentimentos ou ofender suas sensibilidades, tudo em nome do direito à sátira e à liberdade de expressão (muitas vezes entendida como liberdade para insultar). Isso levanta uma questão: Il Fatto teria colocado em sua charge uma imagem irreverente, fazendo referência a outras religiões, como a muçulmana? Provavelmente não, porque teria irrompido um pandemônio, com uma "fatwa" contra o cartunista e a redação. Basta lembrar o clamor provocado pela caricatura do profeta Maomé publicada em setembro de 2005, em um dos jornais dinamarqueses mais conhecidos, o Jyllands-Posten.
É incômodo constatar que, para os autores ou os que apoiam obras blasfemas, os cristãos deveriam permanecer em silêncio diante das provocações. Parece que a única reação que se consente é a de "oferecer a outra face". É revelador o episódio que teve lugar recentemente na França. No último Domingo de Ramos, um pequeno grupo de jovens destruiu, com marteladas, uma das obras da exposição "Je crois aux miracles. 10 ans de la Collection Lambert", aberta em 10 de dezembro em outra "cidade dos papas", Avignon, e que encerrou no domingo, 8 de maio. Como observa Christine Sourgins no site Décryptage (20 de abril), o grupo foi descrito pela mídia como um "comando católico", "termo militar que permite colocar todos no mesmo saco, com os islamitas". Ou seja : um cristão que reage a mais uma provocação termina, ipso facto, na categoria de extremista ou terrorista.
A obra de arte "destruída" é do artista americano Andres Serrano e se chama "Piss Christ" (Cristo de urina). Esta é a fotografia de um pequeno crucifixo imerso em urina (do artista), misturada com líquido seminal. O artefato remonta a 1987 e faz parte da série "Inmersions", que inclui, por exemplo, uma Última Ceia imersa em fluidos fisiológicos. De acordo com Serrano, que se proclama "cristão", o objetivo é chamar a atenção para a situação da AIDS. Desde o início, a obra - que ganhou em 1989 o prêmio Awards in the Visual Arts - tem provocado fortes polêmicas, nos EUA e na Austrália, onde foi questionada em 1997 pelo arcebispo de Melbourne, Dom George Pell. 
O "ataque" à obra, considerada blasfema, no qual também se viu afetada outra fotografia de Serrano, "Soeur Jean Myriam", provocou reações diversas, incluindo a do ministro da Cultura francês, Frédéric Mitterrand. De acordo com o sobrinho do falecido presidente socialista François Mitterand, a ação atenta "contra um princípio fundamental", ou seja, "a liberdade de criação e de expressão consagrada na Constituição" (Décryptage). O próprio Mitterand admitiu, no entanto, que uma das obras danificadas "poderia chocar certo público". Uma declaração surpreendente, é claro, porque, como sempre lembra Sourgins, historiadora da arte e autora de "Les Mirages de l'Art contemporain" -, "a obra realmente choca".
Que os jovens tenham feito justiça com as próprias mãos, recorrendo à violência e destruindo duas das exposições, é certamente discutível. Porque isso significa "entrar em uma lógica arriscada", como observou Thibaut Dary, colaborador leigo da diocese de Nanterre (Décryptage, 21 de abril), que sugeriu outra resposta: "Kiss Cristo," a de beijar Jesus na cruz, como acontece na liturgia da Sexta-Feira Santa.
A lista de obras de arte contemporânea que desprestigiam o cristianismo, em particular o catolicismo, é muito longa. Por exemplo, a "Rã crucificada", do artista alemão Martin Kippenberger, uma rã verde (de fato, muito feia), crucificada, enquanto tem na mão (ou pata) direita uma cerveja e na esquerda, um ovo. Outro exemplo poderia ser o crucifixo obsceno feito por Federico Solmi, de Bolonha. O trabalho apresentado como a "renovação" de um crucifixo de 1200, representa uma figura nua na cruz (o próprio artista, sorrindo maliciosamente), com o turbante na cabeça, a cruz no peito e o órgão sexual ereto, saindo da roupa íntima.
Também fora do Ocidente não faltam as provocações artísticas anticristãs. Uma imagem do Sagrado Coração de Jesus, com um cigarro na mão direita e uma lata de cerveja na esquerda, publicada em um livro didático do Ensino Fundamental, abalou a comunidade cristã da Índia no ano passado. Ainda em 2010, foi possível "admirar", em um shopping da capital chinesa Pequim, um Cristo crucificado com o rosto do personagem da Disney "por excelência", Mickey Mouse.
N ão há dúvida. A arte contemporânea muitas vezes procura provocação em vez de beleza, inclusive o escândalo. Que um dos alvos favoritos seja a cruz ou Jesus crucificado, convida à reflexão. Talvez isso signifique que "o escândalo da cruz" - como São Paulo escreveu em sua Epístola aos Gálatas (5,11) - continua suscitando reações, também adversas, no mundo da arte contemporânea. Mas isso deve acontecer necessariamente de maneira vulgar ou algo pior?
(Paul de Maeyer)"

Uma bela mensagem...

Recebi esta mensagem e achei muito bonita. Leiam até o fim.

CERTA VEZ
(Mahatma Gandhi)

Certa vez, perguntei para o Ramesh, um de meus mestres na Índia:

Por que existem pessoas que saem facilmente dos problemas mais complicados, enquanto 
outras sofrem por problemas muito pequenos morrem afogados num copo d'água?

Ele simplesmente sorriu e me contou uma história.

Era um sujeito que viveu amorosamente toda a sua vida. 
Quando morreu, todo mundo lhe falou para ir ao céu, 
um homem tão bondoso quanto ele somente poderia ir para o paraíso. 
Ir par ao céu não era tão importante para aquele homem, mas assim mesmo ele foi até lá.

Naquela época, o céu não havia ainda passado por um programa de qualidade total. 
A recepção não funcionava muito bem, a moça que o recebeu deu uma olhada rápida 
nas fichas em cima do balcão e, como não viu o nome dele na lista, lhe orientou para ir ao inferno.

E, no inferno, ninguém exige crachá nem convite; qualquer um que chega é convidado a entrar. 
O sujeito entrou e foi ficando...

Alguns dias depois, Lúcifer chega furioso às portas do paraíso para
 tomar satisfações com São Pedro:
Isso que você está fazendo é puro terrorismo!!*

Sem saber o motivo de tanta raiva, Pedro pergunta do que se trata.
 Um transtornado Lúcifer reponde:
Você mandou aquele sujeito par ao inferno e ele está me desmoralizando!

Chegou escutando as pessoas, olhando-as nos olhos, conversando com elas.

Agora está todo mundo dialogando, abraçando-se, beijando-se. 
O inferno não é lugar para isso! Por favor, traga esse sujeito para cá!
Quando Ramesh terminou de contar esta história, olhou-me carinhosamente e disse:

Viva com tanto amor no coração que se, por engano, você for parar no inferno, o próprio demônio lhe trará de volta ao paraíso.

Se eu pudesse deixar algum presente a você, deixaria aceso ao sentimento de amar a vida dos seres humanos.

A consciência de aprender tudo o que foi ensinado pelo tempo afora...

Lembraria os erros que foram cometidos para que não mais se repetissem.

A capacidade de escolher novos rumos.

Deixaria para você, se pudesse, o respeito aquilo que e indispensável:

Além do pão, o trabalho.

Alem do trabalho, a ação.

E, quando tudo mais faltasse, um segredo:

O de buscar no interior de si mesmo a resposta e a força para encontrar a saída.
 

sexta-feira, 15 de abril de 2011

OFICINA DE DANÇA CONTEMPORÂNEA BRASILEIRA

Oficina Cultural Oswald de Andrade
Incrições abertas!! Última semana para as inscrições da oficina na Oficina Cultural Oswald de Andrade, no Bom Retiro.
Local: Biblioteca Alceu Amoroso Lima, em pinheiros. Rua Henrique Schawmann, 777.
Coordenação: Andrea Soares
data: 20/04 a 29/06 - quartas-feiras - 14h às 17h
Público: atores, bailarinos e estudantes de artes cênicas, a partir de 18 anos
Inscrições: 05 a 15/04 no local.
Seleção: currículo breve e carta de interesse
25 vagas

Aulas do Vocacional Dança
São duas turmas: 2ª ou 5ª das 19 às 22 h.

XV Congresso Brasileiro de Folclore

Acontecerá em São José dos Campos – SP de 11 a 15 de julho de 2011.

Tema: Folclore, Cultura e Política: caminhos que se entrecruzam.

Mais informações: http://xvcongressodefolcloresp.org/
 

quinta-feira, 14 de abril de 2011


Está acontecendo a Exposição Pretende da artista Andipa Garrido no Espaço Câmara Cultural de Cabo Frio do dia 11 de abril a 8 de maio de 2011. O espaço Fica na Av. Assunção 760 no centro de Cabo Frio. Está aberta ao público de 2ª à 6ª feira das 15 às 19 h.  
Haverá uma Mesa Redonda dia 29 de abril às 18h sobre "Arte, cultura e contemporaneidade" com a Artista Andipa Garrido, Alexandre Martins (designer, produtor e especialista em arte sacra), Anderson Macleyves (Teatrólogo e Diretor do Teatro Municipal de Cabo Frio), Sra. Dulce (Secretária de Cultura de são Pedro da Aldeia), Dr. Jorge José Serapião (médico e terapeuta sexual).

domingo, 13 de março de 2011

Morte do cisne

Este menino é fora de série! Dêem uma olhada. Clássico e street dance. É de chorar...
Para ver, clique no título.

quinta-feira, 10 de março de 2011

Uma homenagem ao meu querido pároco!

Ah... se todos os músicos fossem assim...
Achei este video na internet e resolvi postar. Este homem merece nossa homenagem!

Feliz aquele que imita o Cristo, nosso Senhor.

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Improvisação em artes

Achei muito interessante... Serve, também, para as artes visuais.

O repórter André Simões escreveu para o jornal odiario:

"Os bailarinos têm autonomia para construir coreografias na dança contemporânea, mas somente a partir de métodos e pesquisas que fornecem instrumentos para a composição. A abordagem de temas político-sociais, a interação com o público e o trânsito com outras artes também são características do gênero.

Olhem o que diz a diretora e coreógrafa Nara Dutra:
"Definitivamente, o que fazemos não é qualquer coisa"
“Improvisar requer mais técnica do que seguir uma coreografia pronta, porque você tem de mostrar o trabalho corporal de uma vida inteira, não apenas se preparar para uma execução."


fonte: http://www.odiario.com/dmais/noticia/379840/contemporaneo-aos-seus-olhos/

O governo disse que para melhorar a educação iria...

Os professores do Estado paralisaram ano passado pedindo aumento salarial.
Este ano, o governo do Estado do Rio de Janeiro disse que para melhorar a educação iria melhorar o salário dos professores.

Vejamos suas propostas...
Bonificação por resultados.
Já fazemos de tudo: ensinamos, educamos nossos alunos e pais, criamos mecanismos para valorização do nosso trabalho e o de nossos alunos (blogs, sites), etc.
O estado não contente... como que dizendo que não estamos trabalhando, ou, pelo menos que não estamos tendo resultados, criou a "Bonificação por resultados".
Será um bônus, único, no final do ano de no máximo de R$ 2.800, 00(mais ou menos).
Aprimoramento cultural
Além da Bonificação por resultados, receberemos R$ 500, 00 por semestre para aprimoramento cultural.

Façamos, agora, uma conta:

R$ 100,00 por mês do aprimoramento cultural
R$ 233,00 (valor máximo) por mês de Bonificação por resultados

Logo, teremos R$ 333,00 por mês, com boa vontade, pois, este será o valor máximo que poderá ser concedido de aumento.

Colocando, agora, em miúdos... Não só, a culpa do fracasso escolar estará sob os ombros dos professores, mas, também, a sua formação continuada e o acesso a cultura.

Resumindo:
Por menos de R$333,00 receberemos mais um tapa e mais culpa... Propaganda... é a alma do negócio, vocês não acham?
E, o Brasil continua cada vez melhor... esse parece ser o desejo. De quem ?

Agora tire você mesmo as suas conclusões...
Leia: http://www.educacao.rj.gov.br/arquivos/Cartilha_Bonificaçao_Resultados_SEEDUC_2.pdf

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

O que faz uma boa escola?

Tenho pensado muito sobre tudo o que o governo tem feito como proposta para melhoria da educação básica no Brasil.

Vejamos algumas coisas... Vamos receber R$ 600, 00 de ajuda cultural para que o professor se capacite, compre livros e material. Legal ! São R$ 100, 00 por mês. Um curso de três dias custa em média R$ 400,00, um livro de arte R$ 100,00. Uma boa peça de teatro custa 100,00 no mínimo. É... É o poderemos fazer a cada seis meses. Nada mal se nosso salário fosse no mínimo o dobro.

Os professores com o salário de R$700,00 não conseguem, se quer, pagar suas contas. Plano de saúde é luxo. Para que? Temos hospitais super equipados para atender em qualquer situação.

Fico a pensar então... O que faz uma escola ser boa?

Vejamos o caso de nossa Universidade Federal do Rio de Janeiro. Salas sem equipamentos, muitas mesas velhas e quebradas, ar condicionado nem pensar, ventilador não passa nem por perto. Os prédios ficam anos sem pintar... Às vezes os tetos despencam... Mas nada disso faz dela uma péssima escola. Sabe por quê? Tem excelentes professores que ganham R$ 7.000,00. Uma pequena diferença, né? Só um "0" a mais. Mas, muitos de nós fomos formados lá. Não somos, também, excelentes? Talvez não, já que escolhemos também dar aulas mas no lugar onde isso vale "0" ou pelo menos um zero a menos.

domingo, 23 de janeiro de 2011

Arte: Emanuel Araujo

O Museu histórico está com uma exposição de Emanuel Araujo. É uma retrospectiva de sua carreira de 1960 à 2010. São esculturas, de madeira, que parecem tão leves que lembram dobraduras de papel e, gravuras, com relevos, interessantíssimas.

Mais informações no site do museu:
http://www.museuhistoriconacional.com.br/

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Tunísia

Recebi este pedido de socorro...

"...estamos vivendo num estado de sitio. estamos barricados em casa e os moradores, armados de paus e facas, tentando defender as casas das milicias ligadas ao antigo regime. eles teem armas. a populacao, nao. outro dia, um grupo de milicianos subiu em cima de uma mesquita e comecaou a disparar na multidao... se puder, rezem pela situacao aqui. a italia fica muito perto, mas os voos nao saem."

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Exposição: "O mundo mágico de Escher"

Exposição: "O mundo mágico de Escher", no Centro Cultural do Banco do Brasil no Rio de Janeiro, aberta ao público hoje, está ótima! Muito dinâmica, bem montada e, obviamente, com trabalhos maravilhosos de Escher. Suas perspectivas de vários ângulos ao mesmo tempo são incríveis e suas imagens que se transformam atraem a todos. Os adultos viram crianças, no mundo da fantasia. E, as crianças viram adultos na racionalização da imagem. Realmente, um mundo mágico.



Recebi este e-mail e estou divulgando, pedindo a ajuda de todos.






"AVSI – EMERGÊNCIA ENCHENTES RIO DE JANEIRO

Rio de Janeiro, 14 de Janeiro 2011

Subiu para mais de 600 o número de mortos por causa das enchentes e deslizamentos que afetaram a Região Serrana do Estado do Rio de Janeiro, na Diocese de Petrópolis, também devastada pelas chuvas. Em 24 horas caiu um volume de água que normalmente é registrado em um mês inteiro. Segundo os números oficiais comunicados pelas autoridades no dia 14 de janeiro, são mais de 10 mil os desabrigados com um número ainda não exato de desaparecidos.

O Bispo da Arquidiocese de Petrópolis, Dom Filippo Santoro, visitou o Vale do Cuiabá, uma das áreas mas atingidas, acompanhado por Monsenhor José Maria Pereira e por Padre Rogério Dias da Silva. Durante a visita, o bispo manifestou solidariedade às vítimas da chuva frisando que as dependências das igrejas católicas da região estão à disposição para receber os desabrigados.

“A situação é caótica – afirmou o Bispo - pois quatro dos municípios – Petrópolis, Areal, São José do Rio Preto e Teresópolis – que formam a Diocese foram atingidos pela chuva, deixando milhares de pessoas desabrigadas e desalojadas, além dos muitos mortos. Ainda várias regiões ficaram isoladas porque os rios bloqueiam o acesso. Sei que lá vivem algumas pessoas mas é difícil alcançá-las. Junto com bombeiros, os padres e toda a comunidade estamos tentando ajudar todo mundo”. Todos os párocos foram mobilizados e todas as igrejas estão acolhendo os desabrigados oferecendo os primeiros socorros e coletando dinheiro e materiais de primeira necessidade.

A FUNDAÇAO AVSI, ONG Italiana presente no Brasil desde 1984, está organizando uma campanha de doações em prol da Diocese de Petrópolis para ajudar as famílias atingidas e tendo em vista e reconstrução da região.

Para essa finalidade, é possível depositar na seguinte Conta Corrente:

Fundação AVSI
CNPJ: 04.186.644/0001-77
Banco Itaú – Ag. 5190
CC 04640-8
Enchentes Rio de Janeiro



Para maiores informações: (21) 2286-5204"

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Vítimas das enchentes

Com as chuvas, o Brasil todo sofre... divulgem, falem, peçam ajuda e orem. Todos podemos participar... a criatividade deve ser usada para o bem de todos. "É a arte a serviço da vida."

A Diocese de Petrópolis, solicita a colaboração de todos para ajudar as vítimas das enchentes da Região Serrana do Rio de Janeiro.

Podem ajudar efetuando depósitos no banco:

BRADESCO - Ag. 401-4

CONTA CORRENTE: 114134-1

MITRA DIOCESANA PETRÓPOLIS - SOS - SERRA

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Exposição: "Bem do Brasil"

A exposição "Bem do Brasil" no Paço Imperial (RJ) está interessante. Mostra a tendência, atual, de misturar a arte popular e a erudita. Tem peças do barroco, do modernismo, objetos religiosos, arte moderna, contemporânea... Apresenta, também, um video da restauração do Teatro Municipal e uma crítica de Lúcio Costa a respeito da construção do primeiro "arranha céu" na Urca. Como as visões vão se modificando... é interessante como reflexão do que se deve ou não ser preservado. A montagem ficou muito bonita e as escolhas das peças ótimas ! Vale a pena ser vista.

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Grafite, tecnologia e patrimônio....

Tiago Tejo cria um grafite diferente....

Tem 24 anos e mora em Portugal. Criou um trabalho muito interessante mesclando arte digital, patrimônio e arte urbana (grafite). O seu objetivo é dar vida nova a fachadas e pontos degradados da cidade, através de uma técnica e uma marca criada pelo próprio: o Pixelejo.

A idéia é fantástica! E, o Pixelejo está no facebook. Dêem uma olhada... vale a pena!

sábado, 1 de janeiro de 2011

Feliz 2011!!!




Para os que gostam de política... aí vai arte.

Achei interessante a reportagem de CorrêaNeto ( http://www.correaneto.com.br/site/?p=4043).
Às margens do Rio Amazonas, maior rio do mundo em extensão e volume d’água, os artistas/ interventores Agostinho Josaphat, Claudio Silva, Dekko Matos, Wagner Ribeiro e Maisa Martinelli fizeram uma intervenção urbana, desejando um “FELIZ 2011”.
Os artistas amapaenses utilizaram pneus, carcaças de fogão, pedaços de geladeira, quadros de bicicletas, garrafas e outros tipos de lixo encontrados. A intervenção foi feita com parte da imensa quantidade de lixo depositada ao longo da orla: em apenas 100 (cem) metros foram encontrados cerca de 86 (oitenta e seis) pneus e isso sem contar com o odor da rede publica de esgoto.

"Que outros coletivos/ e ou artístas possam enveredar por este caminho, colocando sua arte a disposição de quem realmente necessite ver, ouvir e senti – la, propondo novas reflexões sobre problemas que afligem nosso povo. Vida longa aos idealizadores da intervenção!!!" (CorrêaNeto)

Arco íris de Michael McKean Jones

Segundo a revista eletrônica "Pequenas empresas e grandes negócios" do dia 28 de dezembro de 2010, um artista americano Michael McKean Jones desenvolveu um mecanismo para produzir artificialmente um arco-íris.

A máquina usa energia solar e água para funcionar. O artista lançará, em junho, uma instalação, no Centro Bermis de Arte Contemporânea, em Omaha, no estado de Nebraska, para mostrar seu trabalho ao público.

Vai ser muito bom ter um arco íris particular a qualquer momento! Muito interessante!